Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Um  dia tenho  a  certeza
vou te encontrar.........
Resgatar  esse amor  que me fere
abrindo  somente  dor
em  meu coração.......
ninguem  esquece  de  quem  ama
simplesmente...................
Penso  em  ti desesperadamente
nas noites em  que o  sono  foge
e a dor teima em   ficar.........
e
deixar tua imagem comigo
Corro das  lembranças
mais elas  estão  vivas dentro de  mim
Busco   nas  noites  de   neblina 
as lembranças da praia  que me  deu
Ainda  tenho  a  flor  amarela
que  deixou  para  mim
naquele  hotel
abri  o  envelope e  chorei
esperava  tudo, menos  a    flor.......
Ainda vives  em  meus  pensamentos
ainda .....
sempre................

3 comentários:

  1. bjs amiga querida, leio suas poesias e fico atenta para saber como esta sua vida,são espelhos de Dri,obrigado pelas risadas que demos hoje a tarde, estamos esperando por seu segundo documentario com ansiedade, viu como todos cobraram? beijos amiga que amo

    ResponderExcluir
  2. O amor platónico é uma ferida imperdoável.

    ResponderExcluir
  3. Adriana, cheguei hoje e vim aqui,li algumas poesias e como sempre me encanto com a facilidade que você tem em expressar sentimentos,tambem escreve de uma forma que parece ser para a pessoa que esta lendo. Apenas uma pergunta, quem deu a flor amarela? existiu realmente a flor?entro em contato com você amanha, ate la um beijo

    ResponderExcluir