Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


  • Eu aqui sentada.....
  • Vendo partes de minha vida
  • passando como um filme......
  • Tudo ficando ..... para tras...
  • Jogando fora...livros
  • fotografias...
  • imagens
  • instantes
  • momentos.....
  • Vendo toda uma vida sendo resumida a....nada
  • Assim tambem são as lembranças...
  • estão sendo compactadas
  • faço pequenos pacotes...amarro
  • e jogo fora
  • numa furia descontrolada como que querendo
  • me livrar de tudo...
  • A vida é feita de ciclos
  • e eu estou entrando num deles agora...
  • mudanças
  • transformações....
  • novas metas
  • novos amigos
  • casa nova.......
  • Hoje não sei o que sinto
  • os sentimentos....eu arquivo
  • agora tenho mais medo ainda..vivo apenas
  • um dia de cada vez
  • Ha ainda momentos uqe quero partir
  • sair por ai...correr mundo
  • como uma ave migratoria
  • sem destino certo
  • sem nada que me prenda
  • hoje aqui...amanhã ali
  • conhecer novos lugares...pessoas
  • talvez ate uma ilha distante...onde amei alguem um dia
  • ser outra pessoa
  • em outra vida
  • Quero misturar tudo que me faz mal
  • odio
  • incertezas
  • cansaço
  • desespero
  • morte
  • numa unica dose...e beber tudo de uma vez
  • sentindo dentro de mim o veneno me matando
  • morrer e renascer...outra pessoa
  • sem olhar nunca mais para tras
  • sem bagagem....lembranças
  • sonhos e planos
  • Hoje vejo apenas um vazio imenso
  • onde estou rodeada de tristeza
  • escuto meus passos
  • que ecoam nesse vazio imenso
  • Apenas sigo.......
  • Passo por pessoas que ignoro
  • não me apego
  • Vejo lugares que marcaram...mais apenas passo
  • Tudo me fez repensar na vida
  • Porque lembranças?
  • porque??...... porque???
  • Fecho meu corpo...minha alma....
  • Jogo com o verbo esquecer nas frases mal começadas
  • Não quero mais sofrer
  • Quero ter a liberdade de corpo e alma
  • Ser alguem que escolheu sobreviver apenas...
  • Deixei tudo para tras...
  • sigo em frente
  • nada me prende
  • sou livre finalmente como uma folha solta no vento
  • que vai para onde o vento levar.....
  • Não vivo mais nada
  • so sigo em frente
  • sempre...........

2 comentários:

  1. Devo agradecê-la pela a tua visitação e pelas as pegadas dos teus pés, mas muito e muito mais... Pela a tua presença! Isso porque, quando o odor é liberado, eis que ele transpassa para o espírito... Que é sustentado pelo o afã do célere gosto da fantasia invólucro nos doces poemas... Que suscitam aos lábios da poetisa... O seu bálsamo e o seu constante ardor! Ah! Falas tu de uma metamorfose na tua alma poética que subtendo eu: eis que a revogação glacial e gotejante começa a emanar do teu belo oásis que fleta com as delícias das tuas pulsações...! Que aos meus olhos, não são recônditas! São emoções, desejos, palpitações, ensejos e acima de tudo... Um coração que gagueja para a mulher que em ti habita, em formas de “ais” silenciosos aos olhos... Mas gritantes ao teu coração! A renovação já foi gerada, fecundada no teu coração, isso porque, ao levantar dos teus olhos e o abrir dos teus lábios já denota o belo transito progressivo da mulher e da poetisa! Uma flutua silenciosamente, enquanto a outra, com as suas lágrimas, procuram à sua sustentabilidade e o seu fluir! Há de chover no fechar das tuas pálpebras e no abrir dos teus risos, isso porque, também, é impossível que a poetisa, a que escreves... Não leves a outra... A que observa... A um nível celestial... ! Onde escorre a mistura do sonho da que escreves e a ansiedade daquela que espera! Ó fusão do sol e lua! Céu e terra! É tempo de construir no coração da moça que espera o arco-íris de cores variadas e na que escreve a concretização dos seus desejos, que muito pernoitam, nas campas e bosque à procura da ardência incitada e solúvel aos seus olhos e ao seu coração que tanto espera! Devo roubar de ti algumas fotos, principalmente esta que muito me arrebatou e causou, assim em mim, e também na minha alma lírica à sua ardência e sua beleza! Belo escrito, e devo fazer uma odisseia no interior da poetisa para descobrir a trilha que leva a usabilidade da sua língua! Continues atenta ao teu doce, por que as tuas delícias nunca secarão os teus lábios e os teus olhos se iluminarão com a bela luz dos teus sussurros radiantes...! Tchau e cuida bem daquela que não se perdeu, alias... Sempre se encontra com a outra que espera! Felicidade a ti e todos aos teus belos escritos!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia minha amiga que amo tanto, amei o novo visual, bronzeadissima, e a tristeza que saiu desse olhar, amei mesmo ver você rindo ontem e espalhando alegria entre a gente,sinceramenbte espero que agora volte a escrever e encantar todos de novo,beijos mil

    ResponderExcluir