Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Abrir um bau de reliquias que ficaram guardadas
..tocar com carinho..
livros,
fotos
lembranças
Tudo que ficou guardado ......e eram partes de uma vida
de valor imensuravel
desde uma flor guardada entre as paginas de um livro
que um dia representou momentos e sonhos
tudo escrito somente na memoria
Assim como poesias escritas em pedaços de papel
ou capas de livros...
que foram esquecidos ali
Tão meus..
.tão profundos..........
uma volta no tempo...
onde os sentimentos traduzem a fragilidade do momento
como um grito aprisionado..
no que esta escrito
é como um fio finissimo de seda
que separa o hoje do amanhã
tornando - se um momento de fragilidade intensa
voltando todas as recordações
abrindo um caminho na alma....
......e fazendo com que me torne eu realmente......

3 comentários:

  1. O que nos diferencia dos serres irracionais é a capacidade de falar e de pensar.

    No entanto, algumas vezes, o falar e o agir sem melhor pensar nos fazem parecer animais irracionais.

    Como ser falho que sou, agi sem pensar e fiz lágrimas verterem e escorrerem sobre sua face pulcra.

    Daí, foi iniciada – como estalo – uma situação destoante, que não representa o real, o sincero. Jamais deveria ter acontecido.

    Depois, quando sozinhos – a consciência grita – o real se impõe. – Eu não deveria ter feito isso.

    O arrependimento, a impotência, o sofrimento… Se ao menos tivesse uma borracha que apagasse.

    O que pensamos ser pequeno, pode ser tamanho para outrem. Ofende, agride, machuca.

    Infelizmente fica na lembrança de quem se magoou.

    Entretanto, existe uma solução: um tratamento intensivo de amor, dedicação, carinho… Quanto mais veemente, mais rápido se esquece a dor.

    Esse tratamento não está disponível em clínicas nem em hospitais.

    Tenho ele aqui, para te dar. N’alma, no coração…

    ResponderExcluir
  2. e...quando amanhece, e a porta do bau ainda esta aberta, devagar puxo meus olhos para dentro e busco minhas reliquias, e vejo somente perguntas....de todo sentimento que permanece, nada de respostas. Não há quem possa, nem de va, somente a nós nos cabe, reler o passado, ou megulhar fundo acima do medo...e poder arriscar a vida, que tão curta, não nos damos tempo de vive-la.
    Um poema que fica todo dia a ser escrito, e uma realização que deita a cada dia quando sol nosso de cada dia se despede, e a loucura do medo fica...que desespero de andar de maos soltas e pes presos na incapacidade do viver o suicidio do amor...tudo esta no meu bau.

    ResponderExcluir
  3. Vou te deixar uma crítica: Não suma Adriana... Por mais que vc não pense, tem pessoas fora do seu mundo que precisam de vc,,, Eu sou uma delas,,,

    Quero seu conselho, quero sua palavra amiga, quero saber como vc tá, quero te ver e só quero... manda notícias... Ne manda um e-mail... me liga Pequena... :( bju

    ResponderExcluir