Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Estive na Cidade de Deus !!!!
Sim, é de Deus mesmo, o que se vê uma mistura de raças e cores vivendo num lugar cheio de dificuldades e problemas, è preciso amar essas gente para descobrir a poesia daquele lugar.....
O melhor momento é quando entramos, e as imagens vão se abrindo a nossa frente... as cores, os cheiros , os sons chegam e entram em vc de uma maneira total e vai tomando a forma daquele lugar.
Fui visitar uma amiga que conheço a alguns anos.Mulher de fibra , acredita nos sonhos, trabalha com menores infratores, tem uma historia de luta, e um filho preso em Bangu III. Apesar de todas as quedas que leva,se ergue sempre, mãe cuidadosa,zela sempre para que os filhos naturais e os que cuida dentro das instituições do DEGASE estejam bem.
Fui a sua casa pois estamos juntas em nossas lutas. Somos fortes, mais quando juntas conversamos sobre nossas fragilidades,nossos medos e nossos planos nesse futuro incerto que escolhemos . Ontem ela me levou para conhecer a Cidade de Deus, e fiquei impressionada pela diversificação que pude notar.
Fomos a vários lugares, conheci o Karate, Treze, Quinze, Rocinha, Jardim do Amanhã,Tangara e fiquei chocada com o que vi num locar chamado Barracos. Toda a miséria que não se pode imaginar esta ali, vi um mundo que pensei não existir mais......esgoto a céu aberto,barracos de madeira, miséria total. Não imagino como aquilo aconteça a poucos quilometros dos condominios luxuosas da Barra da Tijuca


Onde a classe media alta vive em seus condomínios de luxo, a miséria daquele lugar se enquadra. O que vi me deixou chocada, parece irreal aquele mundo que se abriu a minha frente..... um mundo sem futuro ou esperança.
Não sei onde essa vida quer me levar,mais as vezes penso que devo repensar valores e atitudes que tive ate hoje. Me omito muitas vezes de certos comentários, mais ali realmente é um grito de dor e desespero que preciso fazer com que pessoas responsáveis ouçam....
Continuamos e ela me levou para conhecer uma pessoa que me impressionou bastante, chama-se Eliete Tenorio, uma mulata ainda bonita que ficou presa durante 18 anos, uma memoria viva da CDD, namorada do lendário Zè Galinha. o mesmo do filme Cidade de Deus, conversamos pouco porque foi nosso primeiro contato e fiquei cautelosa quanto as perguntas, mais preciso voltar, é como um imã que me atrai a essa gente, descubro que cada vez mais estou ligada a essas pessoas e a suas historias. Gosto desse lugar, gosto dessas comunidades, gosto e compreendo essa gente.
Quando estou la consigo ver a beleza e a sensibilidade que existe no lugar e nas pessoas. È uma mistura de raças, nordestinos, cariocas, angolanos, todas as raças possíveis, essas pessoas fazem a historia . O preconceito as vezes atrapalha o desenvolvimento , são hostilizados e rotulados. Aprendi a olhar com outros olhos cada uma delas,me sinto atraída cada vez mais por esse mundo. Percorremos a comunidade, atravessamos no meio do trafico e pode notar que ninguém se importava
om comigo, nada é perguntado, nada é cobrado.
Fomos andando e observando a vida viva frente a nossos olhos. Saímos de moto, pois é distante da condução, nada me da mais prazer do que andar de moto dentro de uma comunidade, vc vê a vida passando como um filme, as ruas estreitas, as pessoas,tudo tão latente e colorido. Volto de novo daqui a alguns dias,e vou poder novamente rever a Cidade de Deus...escutar suas historias e escrever para que saibam que ali existe esperança sonhos....e que aquelas pessoas lutam porque elas são realmente a cara desse nosso País......Pintei esse quadro de memoria, essa é o que chamam de vila Miséria, mesmo assim exite naquele lugar alguma coisa de intocavel, me arrisco indo la, mais essa éa única maneira de sensibilizar as pessoas que entram numa invasão, é preciso sentir o lugar, para saber como entrar.
Pintei esse quadro de memoria, eu gravo facilmente, talves não tenha todos os detalhes, mais ele retrata realmente esse lugar.
As casa de palafita são construidas encima dos manguesais e a quantidade de crianças é impressionante, o lugar apesar de miseravel tem uma beleza que toca em meu coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário