Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Hoje...um  reencontro..
Não  foi culpa  minha  ou  sua
essa separação...
foi a  vida.......
Ficamos  ali  nos  olhando
como  se  fossemos  dois  estranhos
mais  o  amor  ainda  existe
forte
intenso...
Entre outros casos
e acasos 
eu me  escondo  desse  amor
e as vezes  não  me  acho
Escolhemos  nossos  caminhos
em direções contrarias
e o  que  ficou de  nos foi
apenas  simples  sombras
perdidas nas nossas madrugadas
de  amor  e   neblinas
 você  permanece
 como um  amor


intacto
protegido
lembrado
è  como se eu impedisse você
de  sair de mim  e partir
 ...e  nas madrugadas  insones
mergulho  e  me  afogo
em  saudades  suas
Hoje parecíamos  estranhos........
mais......ainda amo você.....
e você a mim..........




Um comentário:

  1. Minha querida Dri,obrigado pelas flores,acordei com elas chegando, muito obrigado por sua delicadeza, do alto de meus 88 anos, posso afirmar que alem de escrever com a alma, você é toda poesias.Aninha esta escrevendo como sabe, estou e cama, querida quando vem novamente a Goiaz e ficar comigo para lermos versos de Cora?? venha querida, espero você, os poemas continuam lindos, mais muito tristes, beijos

    ResponderExcluir