Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Inventar sonhos
unica maneira
de suportar perdas
que nos ameaçam a cada manhã
Inventar gaivotas
unica maneira de imaginar que voo
para poder suportar as lagrimas
pela dor maior de um ceu
não azul.......
inventar ondas
para suportar a calmaria
que a lucidez nos obriga
Inventar sol e lua...
para enfrentar o tempo igual
que enlouquece.......
Inventar velas...
unica maneira de suportar
o espanto de nossos olhares refletidos
na agua que nos acolheu
estes restos do naufragio
desse amor
apenas
inventar
inventar
inventar.......
gaivotas
ondas
sol
lua
sempre inventar horizontes.....
e caso isso falhe
tentar sobreviver
e nunca deixar de inventar
um cais para cada lagrima.........................

Um comentário:

  1. Querida Adriana, muitas saudades e a espera de sua visita aqui em minha casa em Goias, da ultima vez que nos vimos foi no CCBB na exposição de minha querida Cora Coralina, leio sempre suas poesias,mais as mensagens dependo de minha amiga,continuam lindas as poesias,e sua facilidade e simplicidade em desenvolver o que pensa tambem,gosto muitissimo de você e espero sua visita na minha querida Goias,venha conhecer a vida de Cora mais de perto.Abraço você com carinho

    ResponderExcluir