Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Do beco sai um moleque pequeno e escuro
uma bolsa atravessada
e uma pistola na mão
cromada
Não o conheço esse menino
Como não conheço os outros
por instinto
so por instinto ...
observo..
Ele caminha com desenvoltura
direção certa
direto na boca
entregou
e pegou
alguma coisa que tirou
ou colocou na bolsa
eu reparei
e saiu
saiu andando ....
Dois garotos pequenos
jogavam bola perto
deixaram a bola escapar pro lado de cá.
Junto com a bola veio o grito -
"pega aê!"
bola rolava na direção do menino com a arma
e ele virou,
levantou a bola com habilidade,
matou no peito,
fez uma embaixada
com os dois joelhos,
com os dois pés
e
devolveu pros meninos
no exato local onde eles estavam.
esse menino morreu
pouco minutos depois,
naquele mesmo dia
como outros que conheci,
em tantos lugares
como esse aqui......
o risco
e as opções que lhe são postas,
na vida,
além de abstrações inatingíveis
para a esmagadora maioria,
roubado no ensino,
na cidadania,
na dignidade,
nas oportunidades
Mais um menino
de mochila,
carregando drogas
passa tranqüilo pelo fuzil
encostado na mesa de sinuca,
enquanto os meninos do movimento
se arrumam
funcionários do tráfico
nas posições mais expostas e arriscadas,
sujeitos a extermínios constantes,
mas facilmente substituíveis
em meio à miséria circundante.
Ate quando.......
perderemos
meninos.......
soldados meninos
que morrem na guerra
sem honra
sem gloria
que são atraidos
descartados
Soldados crianças
que brincam com armas
que matam
que morrem
sem sonhos,
sem infancia
num mundo vazio
sem nenhuma
ajuda
ou esperança

Nenhum comentário:

Postar um comentário