Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Um sopro do vento
num dia escuro de inverno,
Nuvens escurecidas de vida
como um poeta que ama...
Árvores despidas de folhas,
a capa que protege os pássaros que procuram abrigo,
A tristeza do céu que chora sobre o mundo
enquanto as estrelas caem como sonhos desfeitos.
Uma folha solitária deixa-se levar entre os remoinhos do vento
que, num mundo com asas
faz lamentar o mais belo dos jardins...
O mundo tem asas... num dia escuro de inverno
onde rios de água correm entre as ruas desertas
e objetos insignificantes são levados na corrente
e perdidos para sempre.
Fragmentos de chuva esmigalham-se na janela do meu quarto
onde a brisa matinal faz esvoaçar as cortinas
qual anjo delicado a invadir o pensamento...
E daqui do meu espaço, vejo tudo,
Um dia escuro de inverno,
triste e belo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário