Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Caminho entre as cinzas da minha vida, acabada sem ter chegado ao fim,
Entristecida sem ter vertido uma lágrima,
esquecida sem ter sido escondida...
Apenas cinzas,
Restos de um incêndio que devastou o dia dentro de mim,
que matou o meu ser.

Refugio-me sempre à vista de todos,
Solitária no meio da multidão...

Agarro-me à Lua que pernoitece cómodamente por baixo dos meus pés,
Pegadas marcadas como na areia afogada pelo mar...
sem rasto sem nunca ter desaparecido.

Sou invisível? Sou irrelevante?
Desagradávelmente necessária...

Nenhum comentário:

Postar um comentário