Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos



...e de repente o  silencio
um silencio que  criava assas
que  virava em pássaros.....
milhares.......
Bastava abrir  os   braços ...
 e  voar
Era o  espaço...único
e eu sabia que fazia  parte dele...
Me deixei  levar
era um  voo de despedida
eu sabia...
Uso a mente  na  concentração dos  pensamentos
lembro de  todos  os  nossos  momentos   vividos
Penetro na  minha alma
e  vejo as  marcas que  você deixou em  mim
Me concentro mais e  mais
 Sinto seu  toque...seu  cheiro
ouço a  batida de nossos  corações se  fundindo em  um só
pela  ultima  vez
Vejo  você...
ouço o  sussurro de  suas palavras
e  vejo o  passado que  vai desaparecendo  lentamente
São nossos vivencias, sonhos...
planos....
Mesmo em  mundos  diferentes
 nos  fundimos em  um  só  pela  ultima  vez em despedida
O  vento sopra  forte
como  um  alerta...
é  hora de  voltar a  voar...
de  partir....
de  romper elos, 
abrir  portas e  janelas
Me  distancio  lentamente
é a despedida.....
Vagueio    ao sabor do  vento
estou partindo
ja é  hora
è tempo de recomeços
de  voltar a  viver....

Um comentário:

  1. Olá Adriana,

    sinto sua ausência nos meus blogues , mas compreendo as razões sejam elas quais fores, afinal são as suas!

    Espero que você possa voltar a viver a concretude dos seus sonhos, pois nesta poesia você de um forma única viveu e nos fez viver, todas as suas mais lindas e legitimas fantasias.

    Um feliz tudo par você com muita saúde, saúde e ...saúde, pois o resto a gente consegue!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir