Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos



Voltei  a  Campos
O rio    cheio,
com  aguas  barrentas
refletia  a  cidade em  sua correnteza


Volto  sempre aqui
renovo    forças
È  estranho minha  ligação com  essa  cidade
parece  que  vivi  aqui  a  muito  tempo
que  faço  parte  de  tudo.......
da  historia  dos  velhos  casarões
Existe  um   na  margem  do  rio
que   me  toca  profundamente
pareço  ligada  a esse  lugar
Não  sei  explicazr  a atração  pelos  canaviais,
pelas  velhas  usinas
pelas   historias
e
por  esse  rio
que  corre como  eu   
atraves de caminhos  estreitos
outras vezes  imensos
enfrenta  corredeiras e destruição
Gosto  de  Campos  quando anoitece
e a  cidade se  esvasia
gosto  das  ruas  desertas


da ponte  velha 
da  margem  do  rio
gosto do  velho  convento  iluminado
Campos  de  Goytacazes
sei  que  um  dia
faço  de   você   minha casa
e vou ser  realmente  feliz
 e
encontrar talves um  passado que um  dia perdi......




3 comentários:

  1. Diz o provérbio: "Recordar é viver"... E como é...!! Gostei.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  2. Pasé por su blog. Siento no entender muy bien. Pero gracias por su visita.
    Las fotos son muy lindas. También pasé por el blog de Baby. Dejé mi comentario. Un cordial saludo.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Dri,gosto de acordar aqui,ler o que escreve, assim fico mais perto, gosto das poesias sobre Campos, pq tambem gosto de la,beijos

    ResponderExcluir