Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


beijos loucos,
boca bendita,
faz de conta,
que a noite chegou,
se esconda em meu lençol,
brinque,
pegue minha mão,
beija na língua,
seja meu....
nem que por um dia,
que seja na casa,
ou mesmo na rua,
louca vontade,
de falar ao vento,
meu cavaleiro,
dama sozinha,
invado meu castelo,
reino encantado,
morro nas masmorras,
deste amor escondido,
ainda vivo.

Um comentário:

  1. Adoro poemas! Fiquei muito feliz por conhecer a sua poesia, Adriana. Romântica, doce, autênticos hinos ao amor ao erotismo... Que me fazem sonhar, sentir... Ter prazer de viver.

    ResponderExcluir