Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Queria me perder
em teus braços
e no teu corpo
sentindo o cheiro de quem amo
Dissolver-me em furia
desejar a exaustão
das noites de amor selvagem,
me perder no que
vira
so não quero responder as
suas perguntas sobre mim
não quero que me conheça
fora dessa cama
se responder vira o vazio
perdido entre o
ida e volta
Quero eu achar o caminho
do seu corpo
e me soltar
num ciclo errante de paixão
e desejos
Sem historias
Sem destino
Sem compromisso
apenas eu e você
nessa cama
corações batendo
sem pressa de parar......
palavras sussuradas no ouvido
sussuros e desejos reprimidos
a muito tempo
a ponta de seus dedos
percorrendo meu corpo
a pressão dos labios....
a lingua em minha boca
vibrações.....
e a certeza de que agora
nesse momento
somos apenas um
e que.....
você é infinitamente meu
apenas sentir
......eu não preciso mais falar.........

3 comentários:

  1. Gostaria de ser a pessoa que inspira você adriana, bem que observo mais não consigo encontrar ninguem tão proximo, eu leio, leio e não me canso de descobrir essa sua sutileza em nos prender atraves das palavras

    ResponderExcluir
  2. Depois das risadas gostosas que escutei nas reunião, fiquei confusa mais uma vez quando entro aqui e vejo a maneira como você escreve, a figura marcante da mulher decidida e militante reconhecida, debochada e irreverente,se funde numa pessoa fragil e sensivel que confunde mais e mais, não sei como faz isso mais estou adorando ler, precisa ser menos preguiçosa e escrever mais e mais.

    ResponderExcluir
  3. mesmo deletando o que escrevo para você, eu continuo escrevendo o que as vezes não posso falar diretamente, me sinto envolvido por sua poesia assim como me sinto envolvido por...............quando fala"você é infinitamente meu, apenas sentir- não preciso falar mais nada_ ali naquele momento disse tudo

    ResponderExcluir