Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Finco meus pes no chão
tomo impulso
e voo..
silenciosamente
voo com as gaivotas
plainando suavemente
na caricia fria da manhã
que me leva
solta
altiva
em busca de novos espaços
indefinidos
finitos
derrepente
fico para traz,
perdida em algum lugar do passado,
em algum pedaço
de ser que me era inteiro.
Vem comigo o vazio,
que fica ao meu lado
e não me deixa sentir solidão.
O eco pesa no vazio
e nas indagações
que me preenchem
sem sobrar espaço algum.....
não tenho medo de cair
continuo voando silenciosamente
com as gaivotas...

Um comentário: