Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


Como uma borboleta
deixo o casulo,
enfrento a vida.....
derrepente
sem saber se voo
ou
me recolho novamente,
tinha vida,
mais não estava viva,
fechada num casulo
vivia....
observava......
mais nunca me arriscava,
as vezes nem sabia,
se...
era borboleta,
casulo
ou nada......

Um comentário:

  1. Prazer imenso em ler essas poesias suas, parabens,estou preso aqui.......

    ResponderExcluir