Guarda flores entre as paginas dos livros achando que quando secarem seus sonhos se realizarão....... desenha flores nas aguas do rio e vê formas nas nuvens que passam..... Não é louca..... apenas não gosta do mundo que vive .Quer sair.....mais sabe que morrera nele.......um dia...... Adriana Martins

Amigos


As vezes sou sufocada por ondas de muita tristeza, hoje foi um dia ..... Sai para encontrar pessoas que ajudo. São mulheres que vivem na clandestinidade, foram escolhidas por Deus para serem fortes porque a missão que foi dado a cada uma vai alem das forças de uma mulher normal. São mulheres fortes que enfrentam o maldito preconceito no seu dia a dia. Mais são as mulheres mais fortes que conheço.

A maioria delas são jovens, outras muito mais jovens, quase meninas, em cada uma delas encontro uma caracteristica diferente, umas melancolicas, outras alegres, outras agressivas, outras marginalizadas pela vida, outras meigas e muito sonhadoras, mais em cada uma delas os olhos são seu ponto forte, todas carregam no olhar a luz da esperança. Conheço cada uma delas e seus sonhos, cada uma delas fazem parte de minha vida e escrevem a estoria de minha vida. Escrevo minha estoria junto com elas porque sinto um imenso amor por cada uma delas, sei dos sonhos, dos medos, dos problemas ......sei quando brigam ou quando estão gravidas.

Sofrem caladas o maldito preconceito, se submetem a situações humilhantes apenas para poderem ficar perto de quem amam. Nesses anos anos aprendi que cada uma delas carrega dentro de si um mundo que apenas eu conheço. Hoje vi muita tristeza dissimulada em sorrisos e brincadeiras. Vi esperanças, planos, vi amor e paixão. Vi o mundo delas de uma forma diferente, hoje meus olhos não estavam como sempre envoltos em fiapos de sonhos, hoje não sei porque vi derrepente a dura realidade que cada uma delas vive. Vi as mulheres que dormiram ao relento para serem as primeiras, senti o cheiro da dor e do medo.Vi as crianças,senti o sacrificio que cada uma delas faz para chegar aquele lugar tão longe, vi a falta de apoio que é dado a elas. Na realidade acho que confiam em mim porque sabem que só podem contar comigo. Hoje quando ia ao encontro chorava por dentro por cada uma delas. São fortes, sonhadoras, cheias de amor e esperança... essa mulhers que ajudo e amo são mulheres de presos do Estado do Rio de Janeiro, como elas sofro preconceito, muitas vezes humilhações.... mais vale a pena.... cada uma delas é como um retalho que monto essa imensa colcha feita de raios de sol e costurada com as cores do arco iris. Tenho orgulho em dizer que trabalho e amo essas mulheresa que me retribuem com tanto carinho e amor.

Não julgo, amo livremente e sou feliz com as experiencias que me passam.... hoje fiquei triste, queria ser o vento e ir para bem longe....conhecer um lugar onde não houvesse dor. O domingo é de sol, mais meu coração estava imerso numa chuva de dor. Sou uma pessoa muito forte.... mais hoje precisava chorar e chorei...por elas e por mim que nada posso fazer alem de ter muito amor...sonhos ..e esperanças

Nenhum comentário:

Postar um comentário